Categorias
29 maio.
2020

O que vêm mudando no mercado imobiliário com a pandemia

O ano 2020 ficará marcado como época de mudança de grandes paradigmas. As relações de trabalho consumo e relacionamento foram contundentemente afetadas pelo COVID-19, e o mercado imobiliário também foi sacudido pela época de isolamento.

O mundo e o jeito de negociar imóveis já não são os mesmos

Os corretores imobiliários que resistiam às inovações tecnológicas estão sendo obrigados a rever os seus conceitos. Visitar um apartamento (ou achar algum cliente disposto a fazê-lo) não será tão simples quanto sempre foi.

É importante ter atenção aos desafios atuais para que se possam identificar as oportunidades que a época oferece. Listamos aqui alguns tópicos que podem fazer bastante diferença daqui em diante.

Tendências que se confundem com a realidade

Atualmente, passa de 80% a quantidade de pessoas que fazem algum tipo de pesquisa ou consulta na internet antes de adquirir produtos e serviços. No caso de imóveis, a mesma regra se aplica. O cartão de visitas não chega mais com tanta facilidade aos interessados. Sem a presença na internet, sua marca simplesmente inexiste para uma grande parcela de possíveis interessados.

Segundo pesquisa do Imovelweb, 51% das pessoas que queriam se mudar antes da pandemia não mudaram seus planos. Destas, 52% pretendem se mudar em 6 meses e 27% não se importariam em comprar um imóvel vendo apenas vídeos e imagens.

A onda de microapartamentos que aqueceu o mercado será substituída pela procura por imóveis mais amplos. Espaços como varandas, quintais, terraços e rooftops ganham maior importância. Demonstrar o quanto a unidade é arejada será essencial para fechar negócio.

O home office não será mais visto como um acessório. Planejar o escritório doméstico será uma necessidade de pessoas que não contavam com essa funcionalidade antes do período de isolamento. Aqui, imóveis mais antigos e amplos levam uma ligeira vantagem. Imóveis com um planejamento mais atual do sistema elétrico e imóveis com oferta de internet também saem na frente.

Outra tendência que virá forte é o de procura por imóveis premium um pouco mais afastados dos grandes centros. Fugir da concentração de pessoas sem perder a acessibilidade e agilidade no deslocamento é um desafio que corretores terão ao auxiliar seus clientes.

O jeito de prospectar e se comunicar com potenciais clientes também sofrerá mudanças fundamentais. O chamado tour virtual será cada vez mais comum. Vídeo chamadas realizadas do imóvel podem solucionar algumas dúvidas. O número de lojas físicas fatalmente encolherá enquanto os portais e aplicativos imobiliários continuarão ganhando espaço, inclusive na fase de fechamento de negócio.

O marketing de relacionamento, já utilizado por grande parte do mercado através de aplicativos de mensagens e redes sociais, deverá ser aprimorado no intuito de conquistar a atenção e fidelidade de compradores, locadores e proprietários.

Com cada vez mais fontes de informação e comparação, é essencial construir uma presença sólida na Internet para assegurar a posição de autoridade no assunto. Produzir conteúdos para subsidiar pesquisas sobre imóveis e atrair clientes para um funil de vendas, onde é possível guiá-los pela jornada de compra, é uma estratégia que ganha ainda mais força. Não basta falar bonito. Ou seja, cada vez mais é necessário convencer e cativar.

O Digital como o novo pilar imobiliário

Aqueles que resistirem às mudanças serão ultrapassados muito antes de se darem conta. O mercado imobiliário assiste com expectativa a evolução dos estudos e técnicas para tratar o COVID-19. Por mais que não sejamos capazes de prever uma data com exatidão, o reaquecimento do mercado é questão de tempo – que já acontecia antes da pandemia. Portanto, não ficar parado e se atualizar, tanto nas técnicas de comunicação, quanto na estrutura de atendimento e pesquisa, são mandamentos de quem quer sair na frente e continuar fazendo grandes negócios.

Posts Relacionados




Assine nossa newsletter

Todos os direitos reservados 2020 - Blog Incena Digital